Olho seco: Sintomas e Tratamentos

 

Quando a superfície dos nossos olhos recebe uma quantidade insuficiente de lubrificação, alguns problemas podem surgir como ardência, embaçamento visual, queimação, sensação de secura, sensação de areia no olho e vermelhidão. 

 

Essa condição afeta pelo menos 10% da população, e é conhecida como síndrome do olho seco ou ou síndrome da disfunção lacrimal. Ela pode ocorrer por uma série de fatores como genética, envelhecimento, medicamentos, e até fatores externos como ar-condicionado e clima seco.

 

O tratamento varia muito para cada paciente, mas geralmente é feito com colírios lubrificantes ou até medicamentos mais atuais que tem ajudado a melhorar a qualidade da lágrima de pessoas com essa condição. Também existe o transplante de glândulas salivares, que tem beneficiado vários pacientes portadores de olho seco severo.