Ceratocone: entenda a doença

 

 

Conhecida como uma doença rara, a ceratocone ocorre mudanças físicas e bioquímicas no tecido corneano que faz com que a córnea com o tempo se curve mais. Ela pode afetar a visão de um ou ambos os olhos do paciente, e cerca de 5% a 27% dos casos têm histórico da doença na família.

 

Alguns sintomas acabam sendo miopia, astigmatismo, visão distorcida e turva, sensibilidade à luz e brilho, dor de cabeça e troca frequente das lentes de óculos. Por isso é importante ter consultas recorrentes com o oftalmologista. A melhor ocasião é quando a doença é descoberta rapidamente.

 

Ainda não há um tratamento certo para a doença. Em estágios mais simples, óculos e lentes de contato gelatinosas podem auxiliar, além do implante de anel intraestromal. Já na fase crítica, o tratamento baseia-se no transplante de córnea.