Quais doenças podem deixar os nossos olhos inchados?

Acordar com a sensação de que a pálpebra está um pouco inchada é comum, especialmente entre quem tem maus hábitos de sono. O que não é normal é sentir o problema com intensidade e/ou de maneira prolongada ao longo do dia. O inchaço não é o estado padrão da região ocular e, portanto, indica que algo está errado. De fato, esse é o sintoma de diversas doenças, sejam elas oculares ou de outros sistemas. Dúvidas sobre o tema? Veja algumas das principais doenças que deixam o olho inchado e saiba mais!

 

 

A já conhecida conjuntivite é um distúrbio causador de inchaço nas pálpebras. Ao notar que os olhos estão inchados e produzindo uma secreção, é provável que o problema seja uma conjuntivite. Essa inflamação pode ser causada por vírus ou bactérias e causa uma perturbação na área ocular. Como resultado, a pálpebra acumula mais líquido do que deveria e fica inchada. No caso de conjuntivite alérgica, não existe um microrganismo causador, mas, sim, um agente alergênico. O pólen ou a poeira podem levar a essa condição e a coceira ajuda a aumentar a sensação de inchaço.

 

O surgimento de hordéolo leva ao olho inchado. Também conhecido como terçol, o hordéolo é uma das causas mais conhecidas desse sintoma. Ele acontece quando a glândula fica inflamada devido à contaminação de uma bactéria, por exemplo. Isso cria um edema vermelho ou branco, que é interno ou externo. Como forma um grande volume nas pálpebras, é comum que fiquem inchadas e próximas do fechamento. Em geral, o problema é eliminado naturalmente, mas o acompanhamento médico é importante.

 

Já a celulite orbital é um quadro muito grave e que exige atenção. Em alguns momentos, o olho inchado não é causado de dentro para fora, mas, sim, no sentido contrário. É o que ocorre quando há uma lesão ocular, seja na pálpebra ou no globo ocular. Em casos mais graves, condições renais, cardíacas e/ou pulmonares podem ser os responsáveis. O atendimento médico se torna, então, especialmente necessário.

 

O olho inchado pode ser causado por várias doenças. Além do incômodo, esse sintoma é capaz de gerar problemas de saúde, então é importante visitar um oftalmologista para ter um diagnóstico preciso.

 

Fonte: Hospital dos olhos