Uma boa visão é fundamental para uma boa qualidade de vida

Muitas pessoas acreditam que apenas quando doenças como conjuntivite, tersol, irritação e até anormalidades tradicionais como miopia, astigmatismo e hiperopia batem à porta, os olhos merecem nossa atenção. Mas essa não é a única coisa em que devemos estar atentos.

 

Faça um exame Oftalmológico Completo

Você pode acreditar que sua visão está boa ou que seus olhos estão saudáveis, mas visitar seu oftalmologista para um exame completo é o único caminho seguro. Falando em perguntas simples, algumas pessoas não percebem que podem ver melhor usando óculos ou lentes de contato. Além disso, algumas doenças oculares crônicas comuns, como glaucoma, retinopatia diabética e degeneração macular, geralmente não apresentam sintomas. A única maneira de detectar precocemente essas lesões muito graves é fazer inspeções regulares.

O seu oftalmologista é o único que pode determinar se seus olhos estão saudáveis e se sua visão é boa.

 

Conheça o Histórico de Saúde Ocular da sua Família

Discuta o histórico de saúde ocular de sua família com seus parentes. É importante saber se alguém foi diagnosticado com alguma doença, pois muitas delas são hereditárias. Isso ajudará a determinar se você está sob risco de doenças oculares mais graves que requerem cuidados contínuos.

  

Dê um Descanso aos Seus Olhos

Se você passa muito tempo no computador ou focaliza seus olhos em um ponto fixo, às vezes você se esquece de piscar e seus olhos ficam cansados. Tente descansar os olhos a cada 20 minutos e desvie o olhar por pelo menos 1 minuto. Isso pode ajudar a reduzir a fadiga ocular, que pode causar muitas dores de cabeça, irritabilidade e diminuição da visão.

 

Mantenha seus Olhos Lubrificados

Use colírios para lubrificar e evitar as irritações que podem se tornar um foco adequado para a proliferação de agentes causadores de patologias mais sérias, além de permitir mais clareza na qualidade de sua visão.

 

 

Fonte: Policlínica de Botafogo