O que é ceratite?

A ceratite é uma inflamação da córnea que pode ser provocada por uma lesão ou infecção originada por vírus, bactérias, fungos ou parasitas.

Os sinais e sintomas mais frequentes são: dor nos olhos, que pode ir de moderada a forte, fotofobia (sensibilidade à luz), vermelhidão e o ardor nos olhos, visão turva, entre outros.

Os termos “ceratomalacia” e “queratite” são também utilizados, por vezes, para nos referirmos à ceratite.

A ceratite ocular quando tratada de forma correta normalmente evolui de forma favorável sem qualquer perda de visão, contudo, em alguns casos, a ceratite pode levar a complicações graves, como inflamação crónica da córnea, úlcera de córnea, edema da córnea, redução temporária ou permanente da capacidade de visão, entre outras.

A ceratite geralmente afeta apenas um olho, a chamada ceratite unilateral, mas em determinadas situações ambos os olhos podem ser afetados, ceratite bilateral. A doença também pode afetar apenas um dos olhos e mais tarde ocorrer a transmissão para o outro olho, originando doença nos dois olhos.

 

 

Em relação às causas, a ceratite pode ter uma origem infeciosa, ou seja, uma infeção provocada por um vírus, como é exemplo o vírus do herpes simples. Ela também pode ser originada por bactérias, fungos ou parasitas.

A ceratite infeciosa é a principal causa de ceratite, pois estes agentes podem encontrar-se um pouco por todo o lado, como por exemplo, na água dos oceanos, rios, lagos e banheiras de hidromassagem. A contaminação da água ou dos produtos químicos presentes na água, tais como os utilizados nas piscinas podem irritar a córnea e enfraquecer o tecido da superfície da córnea provocando ceratite.

Existem diversos tipos de ceratite, alguns deles são:

Ceratite vírica ou viral, Ceratite herpética, Ceratite bacteriana, Ceratite fúngica,

Ceratite não infeciosa e Ceratite micótica.

 

Na ceratite, os sinais e sintomas são, habitualmente, os seguintes:

·         Olho vermelho;

·         Sensação de areia nos olhos;

·         Dor nos olhos, que pode ser de moderada a forte;

·         Sensibilidade à luz (fotofobia);

·         Produção de lágrimas em excesso;

·         Visão turva ou “visão embaçada”;

·         Dificuldade em manter os olhos abertos devido à dor ou irritação. 

 

Os sinais e sintomas da ceratite ocular podem variar de acordo com o tipo ceratite presente e evolução da doença.

Na ceratite, o tratamento depende do agente causador, ou seja, se a ceratite for causada por um vírus ela deve ser tratada com medicamentos antivíricos, por sua vez, se o agente causador for uma bactéria, o tratamento deve ser efetuado com antibióticos.

O tratamento é efetuado conforme a causa, por isso deve orientado por um médico oftalmologista.

 

Fonte: SaudeBemEstar