Na terceira idade, dobre os cuidados com a visão.

Após os 65 anos, o risco de doenças oculares aumenta em mais de 10 vezes, tornando a visita frequente ao oftalmologista ainda mais importante nessa faixa etária.


Entre as doenças oculares mais comuns durante essa fase da vida está a catarata, caracterizada pela perda de transparência do cristalino, uma lente natural que tem como função viabilizar o foco da visão em diferentes distâncias.

                 

Para que o paciente possa adquirir sua autonomia novamente, é portanto essencial o acompanhamento de um oftalmologista, que indicará o melhor tratamento para cada caso específico.
 

Fonte: http://www.clinicabolzan.com.br